Lorem ipsum dolor sit amet

Um Brasil mais moderno é aquele no qual a gestão pública eficaz cria e estimula, de fato, um ambiente favorável aos negócios. É um Brasil com equilíbrio fiscal e eficiência nos gastos públicos, orientado para um capitalismo corresponsável no qual o espírito empreendedor seja estimulado. Brasil mais moderno é um país com capacidade de inovar, incorporar as dinâmicas das novas tecnologias e ao mesmo tempo oferecer um sistema com segurança jurídica e estabilidade, fatores decisivos para a confiança da sociedade, empresários, consumidores e investidores. 

Abraçamos as seguintes metas:

Juros baixos

Entenda

A oferta de juros baixos favorece o crédito produtivo e reduz a inadimplência, proporcionando agilidade e segurança jurídica nos negócios. Mas para os juros baixarem, não há solução mágica. É preciso que o spread dos bancos diminua, que haja maior concorrência no setor bancário, redução  da carga tributária e manutenção da segurança jurídica.

Segurança Jurídica

Entenda

O Poder Judiciário tem sido responsável pelas principais mudanças do Brasil. Ao mesmo tempo atua para garantir e zelar pela segurança jurídica no ambiente social, para consumidores e empresas.

A manutenção de muitas atividades dos Tribunais de Justiça e das Defensorias Públicas conta com recursos oriundos dos Cartórios de Protesto, entidades privadas e de fé pública, que também colaboram na intermediação de conflitos , evitando congestionamento de ações no Judiciário.

Eficiência no crédito

Entenda

Quando se fala em crédito, dos indivíduos e das empresas, gerados pela circulação de mercadorias e serviços, uma variável importante é a inadimplência, causada por por diversos fatores, inclusive pelas oscilações dos ciclos econômicos.

Daí a necessidade de esforços de recuperação de crédito com absoluta legalidade, economicidade e eficiência. No imenso mercado de títulos emitidos diariamente no Brasil, há também uma parte que não são pagos. Como a recuperação de créditos é importante para toda a economia, deve ser realizada com rapidez e segurança. Levar o conflito dos títulos não pagos para o Poder Judiciário é sobrecarregar uma instância que vem desempenhando notável papel na construção de um eficiente sistema de justiça para o Brasil.

Por isto, como instância intermediária dos longos processos de execução, existe o protesto de títulos, uma forma eficaz e juridicamente segura de atuação neste mercado. Embora pouco conhecido pelo cidadão comum, o protesto é muito utilizado no ambiente de negócios. É uma solução extrajudicial que estimula o mercado, proporciona retorno do crédito e contribui para relações de crédito transparentes.

A eficácia deste instrumento tem números: mais de 60% dos títulos e documentos de dívida enviados a protesto são solucionados em até três dias úteis. É o meio mais rápido e eficaz para recuperação de crédito.

Por ter amparo legal e fiscalização do setor público, o protesto é uma das formas mais seguras para receber dívidas. Em todos os municípios existe um cartório onde o instrumento do protesto pode ser utilizado.

Educação Financeira

Entenda

Como usar o crédito de forma consciente, controlar as finanças pessoais, ter contas organizadas e dívidas que cabem no orçamento? As pressões para que a população aprenda a usar o crédito e a controlar suas finanças vêm se multiplicando em várias economias do mundo, sobretudo pelo avanço da financeirização no cotidiano das pessoas. Cada vez mais as decisões das famílias são permeadas pelo consumo, endividamento e pela complexidade nas decisões de investimento.

Clientes e empresas sofrem com as oscilações econômicas que atingem os mercados e os negócios. Por isto, o Movimento Brasil + Moderno apoia a difusão de instrumentos e conhecimentos de educação financeira como forma de preservar o crédito das pessoas físicas e jurídicas. Quanto mais planejamento e estratégias proativas para enfrentar imprevistos, melhores soluções para consumidores e empresas.

Proteção
de Dados

Entenda

O Movimento Brasil Mais Moderno defende a cidadania individual e empresarial quando o assunto é proteção e privacidade dos dados. Um país mais moderno precisa de políticas públicas sólidas que possam proteger os cidadãos, as empresas e punir rigorosamente apropriações sem consentimento explícito, vazamentos e uso indevido de dados.

O debate em torno do cadastro positivo, projeto que torna ainda mais crítica a ausência de proteção aos dados pessoais no Brasil, irá expor os dados de milhares de consumidores, ignorando os aspectos jurídicos constitucionais . Estes dados preciosos, que pertencem a cada um dos brasileiros, sejam pessoas físicas e jurídicas, serão comercializados em um modelo de negócios que beneficiará grandes grupos. As informações dos brasileiros e suas famílias se transformação em propriedade de empresas de birôs de crédito e centrais e informações privadas. Na contramão dos países mais modernos, democráticos e avançados economicamente.  Proteção à privacidade é direito fundamental e é um dos valores mais importantes deste século digital.