Lorem ipsum dolor sit amet

setembro 24, 2018 / Notícias

Abertura oficial da 16ª Convergência, evento nacional dos cartórios de protesto, contou com a presença do corregedor-geral da Justiça de Pernambuco, desembargador Fernando Cerqueira Norberto, que defendeu a postecipação dos emolumentos

Com a presença do corregedor-geral da Justiça do Estado de Pernambuco, desembargador Fernando Cerqueira Norberto dos Santos, foi realizada, na noite desta quarta-feira (19.09), a solenidade de abertura da 16ª Convergência. O Encontro Nacional de Tabeliães de Protesto de Títulos ocorre até esta sexta-feira (21.09), na cidade de Cabo de Santo Agostinho, região metropolitana de Recife (PE).

Em seu discurso de abertura o corregedor-geral da Justiça do Estado, desembargador Fernando Cerqueira, fez questão de elogiar os trabalhos dos tabeliães de protesto de títulos. “A segurança jurídica é extremamente importante em um País que quer se desenvolver. Ela traz não apenas os meios de se investir, mas a confiança do cidadão em suas instituições. Os cartórios representam a confiança do povo brasileiro”, afirmou.

O magistrado também aproveitou para dar destaque à postecipação dos emolumentos nos cartórios de protesto, que atualmente é realizada em 14 estados do Brasil. “Os cartórios de protesto estão sofrendo uma concorrência muito grande de entidades privadas que jamais deveriam estar neste mercado, mas que são apoiadas por grandes conglomerados econômicos, e isso fere a autonomia dos estados. Se essa providência da postecipação do protesto não for adotada, os cartórios vão perder clientela e vão inviabilizar a sua atividade”, ponderou.

Além do corregedor-geral da Justiça de Pernambuco, a solenidade de abertura contou com a presença do juiz auxiliar da Corregedoria Geral da Justiça do Estado de Rondônia, Fabiano Pegoraro Franco, e da corregedora-geral da Justiça do Acre, a desembargadora Waldirene Cordeiro. Ambos corroboraram sobre a importância da postecipação dos emolumentos.

“Alguns estados já adotaram essa postecipação dos emolumentos. Esse diferimento faz com que o usuário saia satisfeito e consiga rapidez nos procedimentos. No Acre, isso ainda não está regularizado, mas em breve deve sair um provimento estadual”, disse a desembargadora.

“Facilita tanto a vida do usuário quanto a própria sobrevivência do cartório. Acho importante que as corregedorias dos estados estejam atentas a essa possibilidade e finalidade para podermos alavancar a sobrevivência dos cartórios de protesto”, completou o juiz Fabiano Franco.

Também estiveram presentes à solenidade, o presidente da Associação dos Notários e Registradores do Brasil (Anoreg/ BR) e vice-presidente do Instituto de Estudo de Protesto de Títulos do Brasil – Seção São Paulo (IEPTB/SP), Cláudio Marçal Freire, que recebeu uma homenagem em nome do Instituto paulista pelo reconhecimento da captação de títulos no Estado de São Paulo.

“Nós tivemos essa ideia há algum tempo no IEPTB/BR e começamos a implementar em vários estados. De fato, São Paulo tem feito um trabalho muito bom, e esperamos que todos os estados consigam atingir o mesmo êxito que o Estado de São Paulo nos próximos anos”, comemorou Marçal.

A mesa de abertura contou ainda com a presidente do IEPTB/PE, Isabella Araújo Falangola, o presidente do IEPTB/BR, Léo Barros Almada, o presidente do IEPTB/PA, Germano Toscano de Brito, a presidente do Sindicato dos Notários e Registradores de Pernambuco (Sinoreg/PE), Eva Tenório de Brito Papaléo, além do presidente do Colégio Notarial do Brasil – Seção Pernambuco (CNB/PE), Carlos Alberto Ribeiro Roma.

A Convergência

O encontro é idealizado pelo Instituto de Estudos de Protestos de Títulos do Brasil (IEPTB/BR) e aborda discussões sobre estudos e inovações que busquem colaborar com o desenvolvimento profissional, tecnológico e administrativo dos serviços de protesto. Neste ano, em parceria com a Seccional de Pernambuco, participam autoridades e palestrantes de relevo, que debatem temas de destaque para a atividade no País.

O evento está ocorrendo no Sheraton Reserva do Paiva Hotel & Convention Center, localizado na cidade do Cabo de Santo Agostinho, Região Metropolitana do Recife e também celebra os 30 anos de criação do IEPTB/BR e os 15 anos da seccional de Pernambuco.

Fonte: Jornal do Protesto

Posts Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *