Lorem ipsum dolor sit amet

dezembro 17, 2018 / Blog, Destaque, Notícias

Todo mundo sabe das vantagens das tecnologias digitais, big datas etc. Os ganhos são inegáveis. Mas o lado sombrio do avanço digital recai sobre a proteção e privacidade dos dados. Hoje, enquanto mal as tecnologias engatinham, a violação ao direito à privacidade já é realidade, infelizmente.

O texto “Sua ficha de saúde agora na nuvem”, de Celso Ming, destaca tecnologias digitais que começam a revolucionar o setor de saúde. O prontuário digital, por exemplo, permitirá uma gestão de saúde pública mais eficaz, com foco em políticas de prevenção, mais eficazes e com menor custo. Mas as informações detalhadas dos pacientes estarão protegidas? Como garantir o sigilo e a privacidade das pessoas visto que estes dados interessam diretamente aos planos de saúde, empresas produtoras de medicamentos e governos?

A necessidade de observar rigorosamente as leis de proteção de dados está novamente em debate.

Posts Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *