Lorem ipsum dolor sit amet

junho 25, 2019 / Destaque, Geral, Notícias

O número de inadimplentes é alto e, devido à atual crise e desemprego, a tendência é aumentar. Isso torna a tarefa de cobrança ainda mais complexa para as empresas. Além de ser desconfortável, ela gera desequilíbrio à saúde financeira da organização.

Uma solução bem aceita é o protesto em cartório, o qual se encontra na lista de ações tomadas pelos empreendimentos na hora de cobrar créditos, dada a sua validade jurídica.

Conheça os 3 motivos principais para essa escolha.

  • Maior eficácia no recebimento de dívidas

Esse é o meio mais ágil de receber o valor de uma dívida, porque possui amparo fiscal. Mais de 65% dos casos de protestos são resolvidos em até três dias úteis.

  • Dívida não prescreve

No protesto, a dívida não prescreve. Ou seja, enquanto a dívida não for paga, o protesto causará uma série de restrições financeiras ao devedor.

  •  Maior segurança jurídica

O protesto em cartório garante segurança jurídica e respaldo contra ações de danos morais, visto que o processo corre com a notificação prévia do devedor. Ou seja, diferentemente do que acontece quando se utiliza outros meios, há um relacionamento mais amistoso entre as partes, o que permite até mesmo uma negociação mais eficaz.

 

Fonte: Cartórios de Protesto – MG.

Posts Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *