Lorem ipsum dolor sit amet

outubro 3, 2018 / Blog, Destaque, Notícias, Portais

O relatório Cyber Security Insights da Norton, uma divisão da Symantec, aponta que, em 2017, o Brasil foi o 2º país com o maior número de crimes cibernéticos no mundo, sendo superado apenas pela China. De acordo com o estudo, mais de 62 milhões de brasileiros foram impactados de alguma forma, gerando um prejuízo de US$ 22 bilhões. O phishing é o tipo de ataque mais comum registrado no país, sendo o celular o dispositivo mais atacado.

Para o mundo corporativo, os efeitos podem ser ainda mais expressivos, seja por conta de vazamentos de informações confidenciais ou pelo não cumprimento de normas ou leis de proteção de dados, como a europeia, General Data Protection Regulation (GDPR), e a brasileira, Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (LGDP). De acordo com a Pesquisa Global em Gerenciamento de Riscos da Aon – empresa global líder de serviços profissionais, que oferece soluções em riscos – os crimes cibernéticos são a 5ª maior preocupação dos empresários, que analisam formas de gestão dos riscos de suas empresas.

Saiba mais:

http://tiinside.com.br/tiinside/seguranca/mercado-seguranca/02/10/2018/crimes-ciberneticos-causaram-cerca-de-us-550-bilhoes-em-perdas-no-ano-passado-segundo-a-aon/

Posts Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *