Lorem ipsum dolor sit amet

Em abril de 2019, os cartórios de protesto arrecadaram R$ 15,7 milhões aos cofres públicos. Esse valor foi obtido a partir do pagamento de 2,5 mil títulos de dívidas junto à União e aos entes federativos, por exemplo, Imposto de Renda, Fundo de Garantia por Tempo de Serviço e multas aplicadas pelas autarquias federais. As informações são da rádio CBN.

O total é 21% maior do que o montante recuperado em março deste ano (R$ 13 milhões). A maior recuperação de créditos ocorreu no estado de São Paulo, com o pagamento de 796 títulos (R$ 3,9 milhões). Logo em seguida vem Pernambuco, com 144 títulos pagos (R$ 1,6 milhões), e Minas Gerais, com 188 títulos quitados (R$ 1,4 milhões).

Os números foram apurados pelo Instituto de Estudos de Protestos de Títulos do Brasil. Entre de janeiro a abril desse ano, mais de 392 mil títulos foram enviados a protesto pelo Poder Público. Essas dívidas em processo de recuperação somam R$ 3 bilhões.

Protesto fácil

Protestar um devedor é a maneira mais fácil, rápida e segura para cobrar dívidas. Prefeituras, governos e empresas já perceberam a praticidade e têm usado os serviços dos cartórios de protesto. “Em um ano com um desempenho econômico difícil, a arrecadação realizada pelos Cartórios de Protesto do Brasil é uma contribuição fundamental para a economia do país”, explica Danielle Alves, tesoureira dos Cartórios de Protesto do Brasil.

Ouça a notícia:

 

 

Posts Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *